Tocantins realiza 3ª eleição no ano em clima de tranquilidade com 18 urnas substituídas

Palmas – A terceira eleição realizada no Tocantins neste ano transcorre em clima de normalidade e sem ocorrências de relevo. A avaliação é do Procurador Regional Eleitoral Álvaro Manzano.

“Em geral, tranquilo, algumas informações de derramamento de santinhos, em algumas seções eleitorais da capital, além de ocorrências corriqueiras como boca de urna, mas nada de grave”, declara. A votação de hoje tem 1.039.439 eleitores aptos no Tocantins, 17,82% deles na capital, Palmas, que possui 70 locais de votação e 716 urnas instaladas.

Pela manhã boletim divulgado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE) relatou a substituição de 18 urnas – de um total de 4.872 instaladas em 870 lugares de votação em todo o Estado, nas quatro primeiras horas de votação.

A troca ocorreu por problemas como não inicialização do dispositivo, falha na leitura das digitais do eleitor ou travamento por falha de hardware. Com a substituição dos equipamentos, o TRE-TO informou que não houve interrupção da votação.

Além do erro na leitura das digitais, eleitores relataram dificuldade no uso do e-título. “O aplicativo não está conseguindo retornar as informações do eleitor e os dados de local de votação, eu tive que tentar dez vezes”, afirmou o servidor público Maycon Junqueira, 27, que também não conseguiu ter as digitais reconhecidas pelo dispositivo.

Sobre as reclamações sobre a falha na leitura biométrica, o TRE-TO emitiu uma explicação. “O TRE foi muito criterioso na captura das digitais durante o cadastro da biometria, mas esses erros na leitura biométrica podem ocorrer, em mãos que estão com cremes ou suadas, por exemplo, e a captura fica prejudicada.

Mas nesse caso os eleitores apresentam a documentação e, comprovada que é mesmo o eleitor, ele tem autorização para votar”, informou o TRE-TO, por meio da assessoria. (Por Lailton Costa)