Tocantins: Focos de incêndio crescem 25%; bombeiros intensificam combate em Palmas

Neste ano foram registrados 1.494 focos de incêndio no estado. Governo anunciou que vai contratar brigadistas para atuar na prevenção e combate a incêndios florestais no estado.

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe), mostram que o número de focos no estado cresceu 25% nos seis primeiros meses deste ano, em comparação com 2018. Nesta segunda-feira (10), por exemplo, o Corpo de Bombeiros foi chamado para combater um incêndio florestal na região do setor Santa Fé IV, na saída para Taquaruçu.

O fogo começou nas margens de uma estrada vicinal e se espalhou pela região, causando muita fumaça. Para apagar o fogo os militares precisaram usar um caminhão exclusivo de combate a incêndios florestais.

Antes dessa ocorrência, os bombeiros também atenderam uma queimada na quadra 405 Sul. Com a entrada no período de estiagem a quantidade de focos se agrava. Segundo o Corpo de Bombeiros, o Tocantins está no 4º lugar no ranking de incêndios entre os estados.

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe) mostram que entre 1º de janeiro e a manhã desta terça-feira (11) foram registrados 1.494 focos de incêndio no estado. O número é 25% maior que no mesmo período do ano passado, quando foram registrados 1.191.

Ainda de acordo com os Bombeiros, em Palmas, as chamadas sobre incêndio são avaliadas conforme o grau de risco e atendidas, diariamente, pelas equipes.

Para intensificar o combate aos focos, o governo do Tocantins informou que vai contratar 60 brigadistas para atuar na prevenção e combate a incêndios florestais no estado. (g1)