Seminário Capital Empreendedor abre Semana do MEI em Palmas

 O evento contou com a participação de mais de 200 empresários palmenses.

O Seminário Capital Empreendedor foi realizado pela primeira vez nesta terça-feira, 21, no auditório da sede do Sebrae Tocantins. Foram realizados quatro painéis com os principais mecanismos de funcionamento e critérios de decisão de um investidor de risco: aceleradora, plataforma de crowdfunding de investimento, investidor anjo, fundo de investimento.

Ao final do dia os participantes tiveram acesso ao link de inscrição para participar do projeto Capital Empreendedor. O Sebrae Tocantins irá selecionar 30 empresas para receber capacitações durante três meses e no final do ano participar do circuito de inovação e investimento em São Paulo.

De acordo com Francisco Ramos, analista técnico do Sebrae e organizador do seminário, o evento elucida as etapas que compõem investimentos. “Esse seminário incentiva uma aproximação de empresas inovadoras e startups, que já receberam investidores. É um momento para que a empresa esclareça sobre a necessidade de investimento e como isso funciona. Os painéis esclarecem todas as dúvidas sobre investimentos”, justificou.

“Esse evento foi gratificante e surpreendente, pelo número considerável de empreendedores tocantinenses participando do seminário. O Sebrae como organizador sempre buscou os melhores palestrantes nacionais e regionais para que as experiências dos participantes sejam inspiradoras”, ressaltou o analista do Sebrae NA, Giovanni Bevilaqua.

Capital Empreendedor

Nesta forma de financiamento, um investidor, chamado de investidor de risco, aporta recursos no negócio em troca de participação societária, geralmente minoritária, de uma empresa de capital fechado. O aporte pode ocorrer em diversos momentos de um projeto. Assim, o capital empreendedor é diferente de um empréstimo, já que o investidor aporta os recursos na empresa em troca de uma participação societária, com objetivo de vender essa participação após alguns anos por um valor superior ao que ele pagou. (Da Assessoria)