Número de inscrito no Encceja cresce 27.78% no Tocantins

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) teve 30.988 inscritos para a edição de 2019, no Tocantins

Em busca da certificação do ensino fundamental ou do ensino médio, neste ano, 30.988 pessoas se inscreveram no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). O número representa um crescimento de 27.78% no número de inscritos em comparação à 2018. As provas estão previstas para o dia 25 de agosto.

Para receber a certificação por meio do Encceja, os inscritos irão realizar as provas nas cidades sedes de 12 Diretorias Regionais de Educação (DRE): Araguaína, Araguatins, Arraias, Colinas do Tocantins, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Miracema do Tocantins, Palmas, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional e Tocantinópolis.

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos é um exame para jovens e adultos que não tiveram oportunidade de concluir os estudos na idade apropriada. Os interessados em tentar o certificado do ensino fundamental devem ter, no mínimo, 15 anos de idade, completos na data da prova. Para o certificado do ensino médio, 18 anos.

De acordo com a coordenadora de Educação de Jovens e Adultos da Seduc, Eliziete Viana Paixão, a certificação escolar abre novas oportunidades para o mercado de trabalho. “A certificação escolar é uma exigência natural na hora do preenchimento de uma vaga de emprego, e a realização da prova do Encceja abre as portas para as pessoas”, ressaltou.

Exame

São quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha e uma redação. Para a certificação do ensino fundamental, o participante é avaliado em Ciências Naturais; Matemática; Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação; e História e Geografia.

Para o ensino médio, as áreas são Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Linguagens e Códigos e suas Tecnologias e Redação; e Ciências Humanas e suas Tecnologias. A nota mínima exigida é de 100 pontos nas provas objetivas e de 5 pontos na redação.

Os resultados individuais do Encceja permitem a emissão de dois documentos distintos: a Certificação de Conclusão de Ensino Fundamental ou do Ensino Médio, para o participante que conseguir a nota mínima exigida nas quatro provas objetivas e na redação; e a Declaração Parcial de Proficiência, para o participante que conseguir a nota mínima exigida em uma das quatro provas, ou em mais de uma, mas não em todas.

A realização das provas não garante a certificação. Será certificado apenas o participante que atingir o mínimo de 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento do Encceja e que atingir, adicionalmente, no caso de Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes e Educação Física no Ensino Fundamental; e de Linguagens e Códigos e suas Tecnologias no Ensino Médio, proficiência de pelo menos cinco pontos na prova de redação.

Materiais de Estudo

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibiliza materiais de estudo para o Ensino Fundamental e para o Ensino Médio, além de orientações aos professores que atuam na preparação de estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os cadernos de questões de todas as áreas do conhecimento, do Encceja 2018, também estão disponíveis no Portal do Inep, juntamente com os gabaritos. Consultá-los é uma ótima maneira de se preparar para o Exame, pois permite conhecer o formato e o nível de dificuldade das provas.

Cláudio Paixão, Palmas

Provas do Encceja serão aplicadas no dia 25 de agosto em 12 municípios tocantinenses. Marcio Vieira/Governo do Tocantins