Nova fase da Lava Jato investiga lavagem de dinheiro em banco

Segundo a PF, a instituição bancária “valia-se de posição privilegiada dentro da estrutura financeira do mercado para a viabilização de atividades ilícitas”

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagraram nesta quarta-feira a 61ª fase da operação Lava Jato, que investiga esquema de lavagem de dinheiro praticado por altos funcionários do Banco Paulista S.A., informaram as autoridades.

Foram expedidos três mandados de prisão contra funcionários de banco alvo da investigação, incluindo para o então diretor da área de operações de câmbio e o então diretor-geral da instituição na época dos crimes apurados, disse a PF em comunicado.

De acordo com a Polícia Federal, a instituição bancária “valia-se de posição privilegiada dentro da estrutura financeira do mercado para a viabilização de atividades ilícitas”.

A PF acrescentou que a operação marca a primeira vez que a Lava Jato cumpre mandados diretamente na sede de um banco. (Reuters)