Instagram lança função Tag de nome, novo jeito de divulgar seu perfil

O Instagram lançou, nesta quarta-feira (4), a função Tag de nome, uma espécie de cartão de identificação para os usuários que facilita na hora de seguir e ser seguido. O card é customizável e, ao ser escaneado, permite que uma pessoa seja encontrada de forma mais simples.

O recurso funciona de maneira bem parecida com o Snapcode, do Snapchat, e já vinha sendo testado há alguns meses nos Estados Unidos. Agora, a Tag de nome chega de forma definitiva para todos os perfis ao redor do mundo.

Quem já tem a função no app — disponível em celulares Android e iPhone (iOS) —, poderá acessar a ferramenta ao entrar no perfil. Em seguida, deve tocar sobre o ícone de três linhas horizontais situado no lado superior direito da tela e, por fim, ir na opção “Tag de nome”. A imagem pode ser personalizada com cores, emojis e selfies com diferentes adesivos.

Nametag já vinha sendo testada nos Estados Unidos, antes do lançamento mundial — Foto: Divulgação/ Instagram

Nametag já vinha sendo testada nos Estados Unidos, antes do lançamento mundial — Foto: Divulgação/ Instagram

Para adicionar alguém por meio do novo modo, basta abrir a câmera do Instagram, enquadrar a tag da outra pessoa, tocar sobre ela e manter o dedo pressionado por alguns segundos. Também é possível encontrar o recurso ao entrar na tela da funcionalidade (onde o usuário também tem acesso ao seu próprio “crachá”) e tocar em “Ler uma tag de nome”. As imagens podem ser compartilhadas por mensagens de texto, e outros aplicativos, como o Facebook e o WhatsApp.

Nova funcionalidade vem sendo testada com alunos e ex-alunos universitários — Foto: Divulgação/ Instagram

Nova funcionalidade vem sendo testada com alunos e ex-alunos universitários — Foto: Divulgação/ Instagram

A plataforma anunciou ainda que, uma nova função está em testes apenas nos Estados Unidos. Com foco em estudantes ou recém-formados, ela habilita inserir nas informações de perfil o nome da instituição de ensino em que estuda ou estudou, o ano da turma e outros dados relacionados.

Os usuários integrantes da mesma universidade, passam a acessar uma lista com todos os perfis associados a ela, separados por anos. Além disso, é possível enviar mensagem ou adicionar essas pessoas e desta forma, ampliar as conexões. Não há informações quando, ou mesmo se, a função vai chegar ao Brasil.

Por Taysa Coelho, TT Via Instagram