III Salão Palmense é oportunidade para Novos Artistas Visuais se tornarem conhecidos

Sabe aquele trecho da parábola que diz “os últimos serão os primeiros”? Ele se concretizou para o artista plástico Mauro ZeD, que participará de sua primeira exposição de artes visuais com a exibição de quatro telas, após ter ficado sabendo e realizado a inscrição no III Salão Palmense de Novos Artistas no último momento.  A abertura do Salão acontece nesta quinta-feira, 30, às 19 horas, na Galeria Municipal do Núcleo de Leitura e Artes (Nila), no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho.

 

Mauro ZeD é um dos selecionados para a exposição, promovida pela Fundação Cultural de Palmas (FCP) com objetivo de incentivar e divulgar trabalhos de novos talentos das artes visuais.  O artista conta que soube do edital de seleção para o Salão no último momento, e que aguarda a exposição com grande expectativa. “Comecei a pintar em 2009. Aprendi com uma tia que é artista plástica, e uma das telas que estará na exposição, A Grande Onda, pintei em 2010, a pintura é um trabalho pelo qual tenho paixão. Soube das inscrições no último dia, e quando vi que fui selecionado fiquei muito feliz, estou com uma grande expectativa e já convidei todo mundo para participar da abertura”, contou.

Com duas telas selecionadas, a Madu,  já é frequentadora assídua da FCP, onde faz o curso de Pintura em Tela,  no Centro de Ensino e Treinamento Artístico (CETA). E foi com o incentivo do professor Ronan Gonçalves que decidiu fazer sua inscrição. “Eu já pintava e fazia artesanato em casa, mas mostrava só para famílias e amigos. No início deste ano comecei o curso de pintura onde aprendi novas técnicas, e com o incentivo do professor Ronan resolvi me inscrever para o Salão”, afirmou, acrescentando que acredita em uma divulgação melhor e maior valorização do trabalho devido a exposição.

 

Nesta terceira edição do Salão Palmense serão exibidas 23 obras, entre desenhos, pintura, aquarelas, técnica mista e papel machê, divididas nas categorias: infantil, infanto-juvenil e adulto. “A cada Salão Palmense novos e fantásticos trabalhos de artistas talentosos são expostos e se somam com os grandes nomes das artes visuais tocantinense, numa perspectiva de contribuir para uma evolução qualitativa e quantitativa de nossa arte e nossa cultura. Esse é o objetivo do Salão Palmense e o papel da Fundação Cultural de Palmas”, afirma o presidente da FCP, Giovanni Assis.

 

 

Premiação

 

 

Além de participar de sua primeira exposição coletiva de artes visuais, os participantes do III Salão Palmense terão suas obras julgadas, durante o período de exposição, pelo Júri Popular (visitantes do Salão), e o autor da obra mais votada ganhará uma exposição individual na Galeria Municipal de Artes, com catálogo produzido pela Fundação Cultural de Palmas.

 

 

 

Serviço: Salão Palmense de Novos Artistas

Quando: de 30 de agosto a 28 de Setembro:

Abertura: 30 de Agosto às 19h

Local: Galeria de Artes do Nila – Espaço Cultural José Gomes Sobrinho

Entrada: Gratuita

 

Lorena Karlla