Escola de Porto Nacional realiza feira do agricultor

Primeira Feira do Agricultor da Escola Estadual Brasil de Porto Nacional

A Escola Estadual Brasil, jurisdicionada à Diretoria Regional de Educação de Porto Nacional, realizou, nesta sexta-feira, 16, em Porto Nacional, a I Feira do Agricultor. O evento tem como objetivo estreitar laços da escola com a comunidade local, bem como garantir educação de qualidade.

A escola, em um período de 15 dias, mobilizou o interessado em comercializar produtos oriundos da agricultura familiar para participarem do evento. Entre os potenciais participantes estão pais, estudantes, servidores e comunidade local.

O evento foi coordenado pelas professoras Fernanda Cesar Lemos Resende, de história, e Halana Leobas Galvão Antunes, de saberes e fazeres do campo. Para Ana Leobas, a participação de todos faz parte do sucesso do evento. “É gratificante tanto para os professores como para os alunos a realização do evento. É a primeira oportunidade que temos com a participação de todos da comunidade”, comentou.

Fernanda Cesar Resende destaca a interação entre os participantes. “Nessa feira, além de se trabalhar a interdisciplinaridade, conseguimos proporcionar a interação entre comunidade local, pais alunos e professores. Isso propicia a troca de conhecimento entre todos. A participação de todos da escola foi fundamental para a concretização do trabalho”.

Doranice Alves Mendes, mãe de alunos, que mora na comunidade de Barreiro, participou da feira. “É muito bom participar desse evento e trazer nossos alimentos como quiabo, cheiro-verde, buriti, frango caipira. É uma valorização daquilo que a gente produz”, afirmou.

Para Anielly Rodrigues dos Santos, aluna do 8° ano do ensino fundamental, a feira contribui para melhorar a renda de todos os participantes. “É a primeira vez que participo e estou gostando muito. Posso até ajudar nas despesas em casa”, comentou.

Abrão de Sousa