Democratas anunciam programação para primeiros debates de pré-candidatos

Eventos acontecerão nos dias 26 e 27 de junho, em Miami; ex-vice-presidente Joe Biden e senador Bernie Sanders estarão frente a frente

O Comitê Nacional Democrata anunciou nesta sexta-feira, 14, os dois grupos de pré-candidatos à Casa Branca que participação do primeiro debate das primárias dos Estados Unidos, a ser realizado em Miami no final deste mês. Dos 24 candidatos declarados até o momento, 20 passaram no filtro imposto pela direção do partido para integrar o evento.

Para participar deste debate, os candidatos à Presidência precisaram coletar doações para sua campanha de pelo menos 65.000 pessoas ou receber 1% de intenção de voto em um mínimo de três pesquisas nacionais ou estaduais.

O Comitê dividiu os democratas em dois grupos, que participarão do debate em noites diferentes, nos dias 26 e 27 de junho. Os dois principais nomes da corrida interna do partido, o ex-vice-presidente Joe Biden, favorito nas pesquisas eleitorais, e o senador Bernie Sanders,conhecido por seu perfil de centro-esquerda, foram escalados para o mesmo dia e estarão frente a frente.

Além de Sanders e Biden, participarão da segunda noite a senadora pela Califórnia Kamala Harris; o senador pelo Colorado Michael Bennet; o prefeito de South Bend Pete Buttigieg; a senadora de Nova York Kirsten Gillibrand; o ex-governador do Colorado John Hickenlooper; o deputado pela Califórnia Eric Swalwell; a escritora Marianne Williamson; e o empresário da área de tecnologia Andrew Yang.

No dia 26 foram convocados para o debate o senador por Nova Jersey Cory Booker; o prefeito de Nova York Bill de Blasio; o ex-deputado John Delaney; o ex-secretário de Habitação e ex-prefeito de San Antonio Julian Castro; o carismático ex-candidato ao Senado pelo Texas Beto O’Rourke; a senadora por Massachusetts Elizabeth Warren; a senadora por Minnesota Amy Klobuchar; o deputado por Ohio Tim Ryan; o governador de Washington Jay Inslee; e a deputadada pelo Havaí Tulsi Gabbard.

Ficaram de fora o governador de Montana, Steve Bullock; o congressista Seth Moulton; o prefeito de Miramar (Flórida), Wayne Messam; e o veterano ex-senador pelo Alasca Mike Gravel.

Quem prevalecer nesta concorrida competição democrata certamente disputará a corrida à Casa Branca com o atual presidente, Donald Trump, que em novembro de 2020 tentará a reeleição.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo portal Real Clear Poltics, Biden lidera a intenção de voto entre os partidários democratas com 32,2%, seguido por Sanders com 16,8%, Warren (10,8%), Buttigieg (7,2%) e Harris (6,6%).

O Comitê Nacional Democrata afirmou ter dividido os candidatos de forma que um debate não atraísse mais audiência ou parecesse mais importante do que o outro. O anúncio desta sexta, contudo, despertou criticas de eleitores, já que a segunda noite do evento inclui quatro dos cinco candidatos que lideram a corrida.

Os debates são organizados pelas emissoras NBC News, MSNBC e Telemundo.

(Com EFE)