Debate da Globo: O que dizia a carta de Alvaro Dias para Lula

Candidato do Podemos diz que o ex-presidente ‘sabe’ quem mandou assassinar o ex-prefeito de Santo André Celso Daniel e pede que ele esclareça o crime

Ao longo do debate da TV Globo, o candidato do Podemos, Alvaro Dias, citou diversas vezes um papel com uma pergunta que gostaria de direcionar ao “verdadeiro candidato do PT”, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ao final do debate, revelou qual era a sua mensagem: “Quem mandou matar Celso Daniel e as sete testemunhas do crime? Você sabe”.Trata-se de uma alfinetada em uma das principais celeumas da história do PT, o assassinato em 2001 de Celso Daniel, então prefeito de Santo André (SP) e um político denunciava um esquema de corrupção na região do ABC paulista.

Em delação premiada, segundo a deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) afirmou a VEJA em 2017, o publicitário Marcos Valério contou que o empresário Ronan Maria Pinto recebeu propina para não denunciar Lula, que estaria envolvido com o episódio.

No encontro, Alvaro citou a “carta” em dois momentos. Primeiro, quando selecionou Geraldo Alckmin (PSDB) para responder uma pergunta, já que não poderia fazer a que gostaria diretamente para Lula e a segunda quando confrontou diretamente Fernando Haddad em outro bloco. Ele fez menção para que o postulante petista pegasse o recado para levar ao ex-presidente, mas Haddad não aceitou.

Por Luísa Bustamante e Fernando Molica, do Rio de Janeiro (Colaboração de Guilherme Venaglia)