China promete implementar a trégua comercial com EUA ‘imediatamente’

Governo chinês afirmou que irá começar o processo com produtos agrícolas, de energia e automóveis; discussões sobre propriedade intelectual e cooperação tecnológica serão feitas posteriormente

PEQUIM- O Ministério do Comércio da China prometeu “implementar imediatamente” a trégua comercial acertada com os Estados Unidos no último fim de semana, afirmando que o governo chinês irá começar o processo com produtos agrícolas, de energia e automóveis.

Posteriormente, China e EUA irão discutir questões envolvendo propriedade intelectual, cooperação tecnológica, acesso a mercados, balança comercial, entre outros assuntos, nos próximos 90 dias, com base num cronograma detalhado, afirmou nesta quinta-feira, 6, o porta-voz do ministério, Gao Feng, em coletiva de imprensa rotineira.

“No momento, as duas equipes estão se comunicando de forma tranquila e cooperando uma com a outra”, disse Gao. “Estamos totalmente confiantes de que fecharemos acordos nos próximos 90 dias”, completou.

No último sábado, 1º, os presidentes dos EUA, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, concordaram em não aplicar novas tarifas a importações um do outro por um período de 90 dias.

Ao ser perguntado se a trégua sinaliza que Pequim está fazendo concessões, Gao disse que as negociações não devem ser um jogo de soma zero, em que um lado cede e o outro lado é mais favorecido.

Dow Jones Newswires