Cadeirante volta a andar após oração da igreja; veja vídeo

Fabiana estava sem andar há mais de um ano, mas deixou a cadeira de rodas após as orações de sua igreja.

Depois de receber uma oração de membros de sua igreja, uma mulher que estava sem andar há mais de um ano deixou a cadeira de rodas no último domingo (16), durante a Conferência Novidade de Vida 2018, na Zona Sul de São Paulo. O momento do milagre foi registrado em vídeo e tem sido repercutido nas redes sociais.

Em 2016, Fabiana Alves foi diagnosticada com uma bactéria que afetou sua medula. “Depois de superar e vencer a tetraplegia, eu fiquei um ano na cadeira de rodas. E hoje, ao acordar, pude me sentir livre, curada e muito, muito amada por Deus. Jesus me curou. Ele transformou nosso choro em riso”, disse ela em seu perfil no Facebook.

No último dia da conferência na Igreja Apostólica Novidade de Vida, realizada entre 13 e 16 de setembro, membros da denominação se reuniram em torno de Fabiana para clamar a Deus por um milagre, enquanto cantavam uma canção com as palavras “nada vai roubar Tua glória”.

As imagens mostram Fabiana levantando da cadeira de rodas e dando os primeiros passos. Em seguida, ela subiu as escadas do altar e correu pela igreja, acompanhada de pessoas que celebraram o milagre aos pulos.

O pregador de jovens Felipe Pardo, que também faz parte da igreja, relatou o acontecimento nas redes sociais. “A Fabiana foi curada ontem em nossa igreja. Saiu correndo daquela cadeira de rodas ontem… Foi muito poderoso e impactante ver o que aconteceu por que todos conheciam ela naquele lugar. Ele não falha! Ele tem poder para curar”, afirmou.

Fabiana Alves exibiu imagens de quando foi diagnosticada com a doença que afetou suas pernas. (Foto: Facebook)

Outros membros da denominação, que estiveram presentes no momento do milagre, também relataram o acontecimento. “Ter vivido isso na nossa igreja aumenta ainda mais a nossa fé e com toda certeza faz com que a gente busque ainda mais a Deus”, disse Murillo Lopes.

“Eu tive o privilégio de registrar este milagre. É a melhor experiência de um fotógrafo, testemunhar algo sobrenatural. Não tem preço, jamais sairá da minha mente, coração… Sobre tudo que presenciei”, disse André Moreira. “Tenho certeza que a ótica de vermos as nossas impossibilidades, caíram por terra após a este milagre. Essa foi a minha experiência. Milagre não se explica, se vive”.

Com informações Guiame