Araguaína segue sem presidente e nova reunião no fim do mês definirá futuro do clube

Conselho Deliberativo do Araguaína realizou mais uma reunião extraordinária nesta quinta-feira (10), mas sem sucesso. A reunião era para definir a nova diretoria para comandar o clube em um ‘mandato tampão’, porém, ninguém compareceu para se candidatar aos cargos.

De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo do Araguaína, Heli do Carmo, com isso, uma nova reunião será realizada no período de 25 a 30 de janeiro.

– Vamos nos reunir mais uma vez, e se ninguém aparecer para assumir o clube, vamos definir entre o conselho. Dependendo, podemos assumir e disputar o campeonato ou pedir licença da competição. Vamos definir nessa última reunião – afirmou Heli do Carmo.

Luismar Sousa estava à frente do clube, porém, renunciou ao cargo no dia 24 de setembro, e entregue a carta no dia 25.

Em caso de desistência

Conforme a Federação Tocantinense de Futebol (FTF), em caso de desistência antes ou no decorrer da competição, o clube ficará impedido de disputar competições organizadas pela FTF por um período de 2 anos. Além disso, o time terá que pagar uma multa no valor de R$ 15 mil. (Globo Esporte)