Acusadas de monopólio, Google e Facebook dominam 60% dos anúncios online

Os números surgem na semana em as gigantes da tecnologia estão sob a mira de reguladores e legisladores americanos

O Google e o Facebook dominaram 60% dos anúncios online nos Estados Unidos no ano passado, revelou estudo da PwC divulgado ontem. Segundo a consultoria, a participação das empresas cresceu cerca de 3%, graças a maior investimento em anúncios em vídeo – setor no qual o YouTube, do Google, e o Watch, do Facebook, foram destaques.

Ao todo, a indústria de publicidade digital dos Estados Unidos atingiu US$ 107 bilhões no ano passado – segundo a estimativa da consultoria, o número deve atingir US$ 160 bilhões até 2023. Maior varejista online dos EUA, a Amazon conseguiu ganhar terreno no último ano, embora também tenha participação de mercado abaixo de 10%, segundo a PWC.

Os números surgem na semana em que Google e Facebook estão sob a mira de reguladores e legisladores americanos, que investigam se as empresas praticam monopólio ou concorrência desleal. Apple e Amazon também estão entre as possíveis investigadas.

Multa
Ontem, o Google anunciou que vai recorrer de uma multa de 1,5 bilhão de euros imposta pela União Europeia à empresa em março. Segundo o bloco, o Google foi punido por abusar de sua posição dominante no mercado para forçar sites de terceiros a usarem seu serviço de publicidade Google AdSense, que coloca e administra anúncios em páginas na web. É a terceira multa aplicada pela UE à empresa nos últimos anos; somadas, elas atingem o valor de US$ 9,3 bilhões. (Estadão)