A beleza e a funcionalidade do cavalo brasileiro de hipismo em São Paulo

Festival Nacional do Cavalo Brasileiro de Hipismo, evento marcado para o período de 13 a 18 de novembro, teve recorde de inscrições

Inscrições recordes. O anúncio foi feito pela Associação Brasileira de Criadores do Cavalo de Hipismo: 130 animais foram inscritos para a exposição do XIII Festival Nacional do Cavalo Brasileiro de Hipismo, evento marcado para o período de 13 a 18 de novembro, na Sociedade Hípica, em São Paulo.

É um acontecimento. Têm julgamentos e competições de salto. O brasileiro de hipismo é uma raça de cavalos formada no Brasil a partir de algumas das mais importantes linhagens europeias de cavalos de salto e adestramento, tais como os da raça hanoveriano.

A Associação Brasileira da raça já tem 40 anos. Eu conheci e fiz reportagens com ex-presidentes e tradicionais selecionadores, como Enio Monte e Vittorio Sicherle. Isso nos anos 1980, 1990 e 2000, quando fui repórter da Folha e do Estadão. Faz tempo.

Quero estar presente na Hipica Paulista.

Livro: Os mestres cavalos

Depois de lançar o livro Minha Vida com os Mestres Cavalos em maio na Europa, Ruth Vilela retorna a São Paulo e apresenta a segunda edição da obra nesta quinta-feira, 1º de novembro, na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi. Horário: 19 horas.

No livro, entre outros temas, a fazendeira Ruth, aborda e relata as experiências com a técnica do Coaching Assistido por Cavalos, método criado para dar resposta e solucionar problemas do ser humano, inclusive de empresários e executivos. Tudo por meio da interação ser humanos e cavalos.

Vacina, Peão!

A JBS inicia dia 1º, amanhã, a terceira rodada da campanha educativa Vacina, Peão!. O objetivo é levar conhecimento aos pecuaristas de todo o país sobre a correta aplicação da vacina contra a febre aftosa e, assim, evitar prejuízos para todos os elos da cadeia produtiva de carne bovina.

A ação traz mensagens claras, simples e divertidas sobre os quatro passos básicos para a correta aplicação da vacina: (1) vacinar na tábua do pescoço, (2) vacinar na camada subcutânea, (3) usar a agulha certa e em boa condição e (4) vacinar sem pressa.

A campanha, que é voltada, principalmente, às redes sociais, conta com peças que mostram a importância de cada etapa da vacinação, informa a JBS.

“Perfis exclusivos no Facebook e no Instagram servem de base para a disseminação de novos conteúdos diários. Além disso, os interessados pdem acessar o site Vacina Peão, criado com exclusividade para hospedar cartilhas, apresentações e folhetos prontos para download e impressão, que destacam os preceitos básicos para a vacinação correta, diz a empresa.

“O pecuarista está cada vez mais conectado e, por isso, a terceira etapa da nossa campanha será totalmente digital”, comenta Fábio Dias, diretor de Relacionamento com o Pecuarista da JBS Carnes. O executivo ressalta ainda que é cada vez mais importante padronizar a técnica de aplicação da vacina, pois erros podem acarretar, entre outras coisas, no descarte da carne, causando um impacto econômico muito significativo para toda a cadeia produtiva.

Por Sebastião Nascimento